11.7 C
Valinhos
quinta-feira, agosto 5, 2021

Miologia – Estudo dos Músculos

1 – GENERALIDADES:

A miologia é o estudo do Sistema Muscular.
(As características a seguir correspondem à musculatura estriada).
Os ossos, articulações e músculos constituem os órgãos do aparelho locomotor, sendo os ossos e articulações os elementos passivos dos movimentos.
Num aspecto amplo , o músculo é composto por um corpo ou ventre muscular (carne), que é sua porção verdadeiramente ativa a qual se continua por uma porção essencialmente passiva, os tendões e aponeuroses.

Tendões – do latim, tendo, esticar , os tendões são cilíndricos.

Aponeuroses – do grego, apo, proveniente de; neuron, tendão.
As aponeuroses são estruturas inelásticas que ligam as partes carnosas dos músculos aos ossos e outros órgãos (ligamento, fascia, cartilagem, pele, cápsula articular).
Os tendões e aponeuroses são rijos, brancos e brilhantes. Os tendões são cilíndricos e as aponeuroses são lâminas achatadas.

O movimento muscular é obtido pelo encurtamento ou contração muscular.
A extremidade proximal de um músculo nos membros é chamada origem e sua extremidade distal é chamada inserção. Existem 327 pares de músculos, sendo que o músculo diafragma e o prócero são medianos e únicos.

2 – Constituição e tipos de músculos:

Os músculos são de três tipos:
2a – músculo esquelético, voluntário ou estriado: são caracterizados pelas definições dadas
acima. Forma a maior parte da musculatura dos vertebrados.
2b – músculo cardíaco: músculo estriado, intermediário entre o músculo esquelético e músculo liso (este com movimento involuntário).
2c – músculo liso ou involuntário: forma a musculatura dos órgãos viscerais e vasos sanguíneos. Sua contração não está sujeita ao controle da vontade.

3 – forma dos músculos:

Longos – localizados nos membros, ex: bíceps (braço).
Curtos – flexor curto dos dedos dos pés.
Planos ou largos – ex: grande dorsal.
Triangulares – ex: glúteo máximo.
Quadrangulares – ex: músculo frontal.
Circulares – rodeiam canais e orifícios, tais como músculo orbicular e músculos
esfincterianos, ex: canal anal.

4 – Nomenclatura:

Forma e tamanho: músculo redondo maior, trapézio.
Localização: músculo temporal. Direção: músculo transverso do abdome.
Função: músculo extensor dos dedos. Origem / inserção: músculo externo – hióide.
Nº de tendões de origem: bíceps, tríceps, quadríceps.
Nº de tendões de inserção: bicaudado, tricaudado, quadricaudado.

5 – Classificação funcional do músculo:

músculo antagonista: quando o músculo se opõe ao trabalho do agonista para regular potência e rapidez do movimento.
Músculo agonista: quando o músculo é o agente do movimento.
Músculo sinergista: atua eliminando o movimento do agonista.

6 – Fascias musculares:
São extensões do tecido conjuntivo intersticial do sistema muscular que cobrem cada músculo ou grupo de músculos. As fascias mantêm os músculos em posição, mesmo durante a contração, mantendo-os em forma e fazendo com que deslizem livremente.

7 – Musculatura estriada:
O músculo esquelético ou estriado, é formado por um conjunto de células musculares chamadas fibras musculares. Cada fibra muscular é constituída por um grande número de fibrilas musculares também chamadas miofibrilas.
As miofibrilas são compostas por proteínas chamadas actina e miosina.
Estas proteínas são capazes de deslizar uma sobre a outra, formando um complexo chamado complexo actomiosina. Quando ocorre a formação do complexo actomiosina, o músculo diminui de tamanho ocorrendo a contração muscular.
O músculo possui um tonus (estado de contração) mínimo constante. A reação é reversível e o músculo volta ao seu estado inicial.

PROCESSO DE CONTRAÇÃO MUSCULAR:

1 – O impulso nervoso estimula o retículo endoplasmático a liberar Ca++.

2 – Em presença de Ca++ a miosina catalisa as moléculas de ATP liberando energia (ATP transforma-se em ADP) para formação do complexo actomiosina. Neste caso, o fosfato
liberado não tem energia.

3 – a fosfocreatina fornece o fosfato energético para as moléculas de ADP, reconstituindo o ATP que pode ser novamente usado. O fosfato é recolocado no processo pela respiração.

4 – O Ca++ reage com a troponina expondo a actina que reage com a miosina.

5 – O filamento fino desliza sobre o grosso.

7 – Este deslizamento se repete muitas vezes durante um ciclo de contração e leva à sobreposição completa dos filamentos de actina e miosina e concomitantemente ao encurtamento da fibra muscular.

6 – Quando cessa o impulso nervoso os íons Ca++ são rebombeados para o interior do Retículo Endoplasmático.

- Advertisement -

Visite:

- Advertisement -Aula Particular Valinhos

Conteúdos Recentes

Apostila de Botânica 2020

A disciplina BOTÂNICA, principalmente nos cursos de Biologia, constitui-se de aulas teóricas e práticas. As aulas práticas são de fundamental importância, pois oferecem aos...

Porque escolhi uma escola Waldorf

https://www.youtube.com/watch?v=MV3gvGvATHw

Documentário: Pedagogia Waldorf

https://www.youtube.com/watch?v=hr4uUZsC8_g
Professora Silvia Mattoshttps://professorasilviamattos.com.br/
Sou a Professora Silvia Mattos, Bióloga, Especialista Ambiental, Mestre em Toxicologia Ambiental, Patologista e Técnica Química. Prof. da Educação Infantil. Dou aulas particulares, Treinadora técnica e comportamental, lecionei 21 anos nas F. Padre Anchieta e SENAC.

Mais artigos

Open chat